Pequena lesão se agrava e atacante deve ficar de fora da final. André também sentiu no treino de hoje

A semana começou com o técnico, Amilton Oliveira, promovendo mudanças na equipe titular do Operário. “Por questões técnicas e físicas vamos mexer na equipe. Precisamos de mais vibração”, argumentara.

Porém, lesões começaram a assombrar Vila Oficinas. Na manhã hoje, o atacante Osmar, promovido ao time titular nesta semana, sentiu a coxa esquerda e fica de fora da partida.

“O Osmar já vinha sentido um incômodo e hoje a coisa ficou mais grave. Ele está fora, não deve ter condições de jogo”, explicou o médico do Operário, Dr. José Augusto Bach.

Além do avante, André também sentiu. O zagueiro esticou a perna direita para alcançar a bola, não teve êxito e, logo em seguida, levou a mão à coxa. O atleta precisa ser avaliado.

A comissão médica do Operário ainda avalia a situação de outros jogadores. O atacante, Diego Martins, voltou nesta quinta aos treinamentos com bola. “Mais ou menos”, respondeu o atleta quando questionado sobre dores.

O polivalente, Edson Grilo, ainda precisa melhorar a forma física e hoje se queixou de dores nas costas, segundo o médico Bach. “Já o Ceará é o que menos preocupa. Vai para o jogo. Só estamos poupando”, garantiu do doutor.

Por Emmanuel Fornazari (Net Esporte Clube – 12/5/2011).

Os comentários estão encerrados.