Alvinegro começou na frente, levou virada, saiu vaiado no intervalo, porém virou o placar novamente para conseguir a vitória

O Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC) disputou hoje o único amistoso oficial antes da estreia contra o Mirassol no Brasileiro da Série D. A equipe já havia vencido o XV de Indaial, mas a partida foi considerada apenas um jogo-treino, sem arbitragem estipulada pela Federação Paranaense de Futebol (FPF), por exemplo.

Os primeiros minutos enganaram o torcedor alvinegro. O Fantasma saiu na frente no bom cruzamento do lateral direto, Bruno, em escanteio, para a cabeçada de Nelinho. Mas foi só no primeiro tempo.

O próprio Nelinho, ao tentar tirar cruzamento da esquerda de Giovani, colocou a bola na meta errada. Gol contra e empate do Juventus. Ainda no fim do primeiro tempo, Matheus bateu falta com efeito, o goleiro Felipe foi enganado pela curva da bola e deixou a bola entrar. Virada dos visitantes.

Ao deixar o gramado para o intervalo, os jogadores receberam vaias de boa parte dos 967 presentes. O time voltou mais aplicado no segundo tempo. Na técnica ainda pecava, mas na disposição se mostrava diferente.

Em outra jogada de escanteio, Nelinho escorou com o pé direito para a pequena área e João Paulo empurrou para as redes. Para virar o jogo, o Fantasma contou com a boa jogada de George, melhor jogador do time.

O lateral, improvisado no meio campo no segundo tempo, recuperou a bola, chutou cruzado e após desvio na zaga, a pelota encobriu o goleiro do Juventus. Outra virada, agora em favor do Operário.

Depois do jogo do técnico Amilton Oliveira afirmou que a equipe ainda procura reforços, principalmente, para a lateral direita e meio campo. “Temos dinheiro para investir, mas não conseguimos achar este armador para chegar e resolver nosso problema no meio de campo”.

Por Emmanuel Fornazari (Net Esporte Clube – 10/7/2011).

Os comentários estão encerrados.