Cariocas sentem diferença positiva em relação ao RJ. Torcedores reivindicam melhorias aos novos diretores

A reformulação diretiva do futebol do Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC) segue a passos cautelosos para que o novo grupo gestor, Premier Soccer, entenda as relações existentes dentro do clube.

E uma dessas relações teve um princípio de aproximação sadia no fim da tarde/começo da noite de ontem em Vila Oficinas. Representantes das torcidas organizadas Fúria Jovem e Trem Fantasma se deslocaram à sede administrativa para encontrar os ‘cariocas’, Jairo Freitas, Celso Bandeira e Tito Araújo.

Tanto Organizadas quanto grupo gestor avaliaram de forma positiva a reunião Foto: Luciano Mendes

Tanto Organizadas quanto grupo gestor avaliaram de forma positiva a reunião
Foto: Luciano Mendes

A frase “foi uma reunião positiva” poderia vir aspeada por qualquer um dos lados. No encontro foram expostas reivindicações das organizadas e pedidos do grupo gestor.

“Nós achamos a reunião produtiva. Eles nos pediram coisas que podem ser alcançadas, porém não depende só de nós, depende de terceiros, por isso não podemos prometer nada, além de tentar conversar com orgãos responsáveis”, explica Celso Bandeira, do departamento técnico do OFEC.

O principal pedido da Fúria Jovem vem para tentar tornar o espetáculo mais bonito. “Hoje podemos ter cinco bandeiras, pedimos para tentar aumentar esta quantidade. Eles vão avaliar a proposta”, conta o presidente da organizada, Cleber José Ricardo.

Já o vice-presidente da Trem Fantasma, Thiago Moro, apresenta um pedido de segurança como principal solicitação. “Atrás da curva, onde a Trem fica, é caminho para a torcida rival chegar ao local reservado. Pedimos uma maior segurança, porque só tem um alambrado dividindo o espaço, muito frágil, desgatado pelo tempo”.

Moro garante nunca houve problemas no espaço, porém acredita ser melhor prevenir para evitar que algum desentendimento possa vir a acontecer.

Quase ao fim da reunião, uma observação foi feita pelo diretor, Celso Bandeira. Ele pediu para que torcida fiscalize e não promova atitudes que possam prejudicar a ‘instituição Operário’, como em perdas de mando de campo e punições em tribunais desportivos.

“Pelas informações, isto não acontece aqui. Reforçamos para continue assim”. Bandeira completa dizendo que “a reunião foi bastante animadora. A torcida se mostrou animada com esta evolução do time. Só pedimos que continuem nos apoiando”.

Por Emmanuel Fornazari (Net Esporte Clube – 26/5/2011).

Os comentários estão encerrados.