Com dois gols de Mateus, o Operário bateu o Cianorte por 4 a 2 e o ultrapassou na tabela

Quando se trata de jogar fora de casa, nenhum time do Campeonato Parananese 2011 consegue superar o Operário. Neste domingo, o Fantasma deu mais uma prova da eficiência fora dos seus domínios. São 86% de aproveitamento na casa do adversário.

Sem deixar que o Cianorte achasse que poderia ganhar o jogo, o Operário dominou a posse de bola e teve as melhores oportunidades. Saiu na frente, cedeu o empate, abriu dois gols de diferença, deixou o Cianorte diminuir, mas decretou a quarta vitória fora de casa, em cinco jogos (empatou o outro jogo) com mais um gol quase no fim.

Foto: Ceará (10) fez seu primeiro gol com a camisa do Operário - Foto: Luciano Mendes

Ceará (10) fez seu primeiro gol com a camisa do Operário
Foto: Luciano Mendes

Os 4 a 2 fazem com que o time suba para a quarta colocação, ultrapassando o próprio Cianorte. Na próxima rodada, o Operário enfrenta o Iraty em casa, que está na terceira colocação, com 17 pontos, um a mais que o Fantasma.

Além disso, há o clássico Atletiba. Com uma vítória sobre o Iraty e um empate ou derrota do Atlético, o Operário pode chegar na última rodada dependendo só de si para acabar o primeiro turno como o melhor do interior.

Mas para isso acontecer, o Operário precisa melhorar o retrospecto dentro de casa. A equipe venceu apenas um jogo e perdeu três, dos quatro que disputou em Ponta Grossa. O jogo contra o Iraty está programado para às 17h, no Germano Kruger.

Ficha técnica
Cianorte: Marcelo, Brinner, Valdir, Ligger, Elvis (Rodrigo Crasso), Geandro, Macula (Elton), Jovane, Thiago Santos (Eliel), Marquinhos, Almir. Técnico: Ronaldo Bagé.
Gols: Almir, aos 35 minutos do primeiro tempo e Geandro, aos 36 do segundo tempo.
Operário: Ivan, Grilo, Vinícius, João Paulo e Gilson (Alisson). Lucas Michels (Zé Leandro), Serginho Paulista, Serginho Catarinense e Ceará (Rilber); Ícaro e Mateus. Técnico: Amilton Oliveira
Gols: Mateus aos 12 e aos 43 minutos do primeiro tempo, Ceará aos 19 e Alisson aos 44 do segundo tempo.

Por Emmanuel Fornazari (Net Esporte Clube – 13/2/2011).

Os comentários estão encerrados.