O Operário começou a campanha na Série D do Campeonato Brasileiro com derrota.

O Operário começou a campanha na Série D do Campeonato Brasileiro com derrota. A equipe alvinegra perdeu para o Mirassol, jogando fora de casa no último domingo, por um a zero. O gol foi marcado por Leandro Tanaka aos 42 minutos da etapa inicial.

O resultado não foi o aguardado pelo técnico Amilton Oliveira. “No primeiro tempo começamos muito bem. Quando tomamos o gol a partida estava bem equilibrada. Agora vamos ter que treinar para podermos nos recuperar durante a competição. Há condições de crescermos durante o campeonato, mas para isso precisamos de vitória”, ressalta Amilton.

O jogo entre Mirassol e Operário foi disputado no último domingo no interior paulista

O jogo entre Mirassol e Operário foi disputado no último domingo no interior paulista

O técnico não pôde contar com o atacante Ícaro, porque o nome do jogador não constava no Boletim Informativo da Confederação Brasileira de Futebol (BID/CBF). De acordo com a diretoria, o contrato do atleta está homologado e a situação deverá ser solucionada nesta semana. “A falta do Ícaro como homem de referência no ataque fez falta. O Ceará também ainda está sem ritmo de jogo. Vamos ter que trabalhar para podermos ganhar o próximo jogo”, afirma Amilton. Para a vaga de Ícaro, foi escalada a revelação do Operário Vinicius Pará. A próxima partida do Fantasma será contra o Cene, do Mato Grosso do Sul, às 16 horas de domingo no Estádio Germano Krüger.

Outro problema detectado pelo treinador foi a lateral-direita. No transcorrer da partida, Amilton revezou entre Serginho Paulista e Edson Grilo na posição. “A gente precisa de um lateral-direito. É a posição mais carente do elenco hoje. Mas já está havendo a negociação para a contratação de algum jogador da posição”, afirma Amilton. Na outra partida do grupo, Cene e Oeste ficaram no empate em 3 a 3.

Por Diego Antonelli (JMNews – 19/7/2011).

Os comentários estão encerrados.