Lesões e suspensões fazem técnico Amilton Oliveira mudar time que joga hoje à noite no Estádio Germano Krüger; atacante assume lugar do meia Ceará como titular

O Operário entra em campo hoje com a missão de garantir mais três pontos na tabela de classificação e seguir na cola do líder invicto Coritiba. E para buscar a vitória, o técnico Amilton Oliveira coloca o time no ataque para o jogo da noite de hoje contra o Rio Branco de Paranaguá. A partida acontece a partir das 20h30 e os ingressos têm os mesmos valores cobrados desde o início do campeonato – com a entrada custando R$ 20 para a geral e R$ 50 para a área coberta, com direito à meia entrada.

E as mudanças principais no time se darão por problemas de contusão e de lesão. Filipe assume o lugar de Ivan – que levou o terceiro amarelo – no gol. Lisa na lateral direita e os zagueiros André e Alisson serão mantidos entre os titulares. Na esquerda, Rodolfo ganha nova chance depois de Edson Grilo, que jogou improvisado se machucar contra o Atlético-PR. O meio terá Zé Leandro, Serginho Paulista, Cambará e Dhiego Martins fazendo o trabalho que até então era de responsabilidade de Ceará, expulso na última partida. O ataque terá Hevandro – que entra na vaga do lesionado Ícaro – e Mateus.

Foto: Operário fez último treinamento na manhã de ontem no Estádio Germano Krüger

Operário fez último treinamento na manhã de ontem no Estádio Germano Krüger

Apesar da diferença entre os dois rivais na tabela de classificação, o desafio não será nada fácil. A dificuldade, na verdade, deve até aumentar por conta do ‘desespero’ do time de Paranaguá em precisar de pontos para tentar ficar livre da zona do rebaixamento em uma briga direta com o Paraná Clube.

Neste segundo turno, o Rio Branco soma quatro pontos e vem de vitória na última rodada. Já o Operário vem de uma série de três vitórias seguidas, perdendo apenas para o Coritiba na abertura da nova fase em jogo realizado na capital paranaense.

Por Alexandre Costa (JMNews – 23/3/2011).

Os comentários estão encerrados.