Fantasma ainda não tem o orçamento fechado para a temporada 2012. Dirigentes relatam que o time ainda precisa correr para aumentar o valor que recebe de cotas de patrocínio

O Operário Ferroviário encera o ano sem contar com a verba que precisa para se manter em 2012. Desde que a Premier Soccer deixou a gerência de futebol do clube, a diretoria do Fantasma segue em busca de patrocínios para fechar o orçamento e entrar no ano do centenário com dinheiro suficiente para manter o plantel montado e dar a estrutura suficiente para os jogadores do time nas disputas que terão pela frente em 2012, quando o alvinegro participa do Campeonato Paranaense e da Copa do Brasil.

Diretor de futebol do Operário diz que o time tem 70% do valor que precisa em cotas de patrocínio para 2012

Diretor de futebol do Operário diz que o time tem 70% do valor que precisa em cotas de patrocínio para 2012

De acordo com o diretor administrativo do clube, Davi Aroldo Nascimento, as despesas mensais do Operário no ano do centenário irão girar num valor entre R$ 250 mil e R$ 300 mil. O dinheiro para cobrir os gastos que o time terá todo mês é dividido entre cotas de televisão, de patrocínio, venda de produtos licenciados e bilheteria dos jogos que acontecem no Germano Kruger. “Hoje, estamos com as finanças em dia, mas para 2012 precisaremos correr atrás de mais verba. Inclusive no aumento do valor recebido com cotas de patrocínio”, destacou o diretor de Publicidade e Marketing do Operário, Ageu Diniz.

Por Michael Ferreira (JMNews – 22/12/2011).

Uma resposta a JMNews: Clube Operário Ferroviário precisa fechar patrocínios