Jogando em Ponta Grossa, o Operário venceu o Atlético-PR por 1 a 0. A partida aconteceu na noite desta quarta-feira (26) no Germano Kruger.

O Furacão sofreu sua segunda derrota, em quatro rodadas do Campeonato Paranaense e o Operário conquistou a segunda vitória e afastou o principio de crise rondava o Fantasma. Na tabela os times ficaram iguais com 6 pontos, na zona intermediaria.

A partida começou em ritmo muito alto e novamente, a equipe de Sérgio Soares levou o gol no primeiro tempo, mas, desta vez, não conseguiu virar o marcador, com havia ocorrido contra o Corinthians-PR e Iraty.

Hevandro marcou o gol do jogo, aos 16 min do primeiro tempo, o jogador chutou a bola que desviou em Manoel e enganou o goleiro João Carlos.

Os jogadores do Fantasma, se desdobravam em campo e o Atlético não conseguia superar a marcação dos donos da casa e a situação piorou quando Manoel foi expulso. Em uma jogada na lateral-direita, o zagueiro chutou Mateus e recebeu o cartão vermelho. No fim do jogo Iván González, perdeu a cabeça e pisou em Matheus e também deixou o campo mais cedo.

O Operário enfrenta o Rio Branco, no Gigante do Itiberê, em Paranaguá e o Furacão volta a campo contra o Roma Apucarana em Curitiba, as duas partidas estão marcadas para o próximo domingo.

FICHA TÉCNICA
OPERÁRIO 1 X 0 ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR)
Data: 26 de janeiro de 2011, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Júnior Hermes
Assistentes: José Amilton Pontarolo e Dirceu Eloi Comin
Cartões amarelos: Mateus, Cambará, Lucas, Rilber e Gilson (Operário); Marcos Pimentel, Paulinho (Atlético-PR)
Cartões vermelhos: Manoel e Ivan Gonzalez (Atlético-PR)

Gol: OPERÁRIO: Evandro, aos 16 minutos do primeiro tempo

OPERÁRIO: Ivan; Lisa, Vinícius, João Paulo e Gilson; Lucas (Grilo), Cambará (Serginho Catarinense), Serginho Paulista e Rilber; Mateus e Hevandro (Arilson).
Técnico: Amilton Oliveira.

ATLÉTICO-PR: João Carlos; Marcos Pimentel, Manoel, Rafael Santos e Paulinho; Alê, Deivid (Ivan Gonzalez), Paulo Baier, Branquinho (Henan); Guerrón (Gabriel) e Lucas.
Técnico: Sérgio Soares

Por Geraldo Bubniak (FutebolParanaense.net – 27/1/2011).

Os comentários estão encerrados.