O Operário procura novo treinador, após a derrota para o Oeste no Germano Kruger a diretoria resolveu trocar o comando técnico. A informação foi divulgada pelo twitter oficial do clube na noite desta segunda-feira.

Amilton Oliveira comandou o time em quatro jogos na Série D e conquistou apenas um ponto. O aproveitamento de 8,3% ficou abaixo do esperado pela diretoria que em 2012 completará 100 anos.

Junto com o técnico Marcos Aurélio, auxiliar técnico, também não deixa o clube. Quem assume o time será o técnico do Sub20, Igor.

Foto: Geraldo Bubniak

Foto: Geraldo Bubniak

Campanha
Em 2011, o time fez um início de campeonato estadual mediano, mas depois, começou a melhorar o rendimento. Deu trabalho para os grandes da capital, e no primeiro turno do Campeonato Paranaense acabou com a ótima 2ª colocação, apenas atrás do Coritiba, campeão do estadual no ano. O Fantasma venceu o Atlético em casa e o Paraná Clube fora, e ainda derrotou Iraty e Corinthians-PR, pontos que foram importantíssimos para a boa colocação do Operário. No segundo turno, o time veio embalado com os ótimos resultados e começou não decepcionando a torcida. Venceu novamente o Atlético, colocou pressão no Coritiba e conseguiu uma ótima classificação até a quinta rodada.

Porém, depois disso, a torcida que esperava uma fácil classificação para a série D, viu o cenário mudar totalmente. Depois de uma alternância de empates e derrotas, o clube só foi conseguir a classificação na décima rodada, ao empatar com a equipe do Iraty em 1 x 1 num jogo dramático e cheio de confusões entre torcidas e times.

Além da vaga na série D, a equipe conseguiu uma inédita classificação para a Copa do Brasil após derrotar o Corinthians-PR, em Curitiba, por 2 a 1. Já na Série D, a equipe ainda comandada por Amilton Oliveira começou decepcionando. Começou muito ruim no campeonato, logo de cara com 2 derrotas, para o Mirassol em São Paulo, e para o CENE, em pleno estádio Germano Krüguer. O Fantasma esboçou a reação ao conquista um empate com o Cerâmica fora de casa, mas no último domingo foi derrotado em seus domínios por 2 a 0 para o Oeste e viu as chances da classificação ficar distante.

No Paranaense o técnico teve aproveitamento de 60,6% com 12 vitórias, 4 empates e 6 derrotas, terminando em terceiro colocado na classificação geral da competição. Na final do interior o ponta-grossense perdeu o titulo em casa para o Cianorte.

Por Geraldo Bubniak/Thiago Terada (FutebolParanaense.net – 15/8/2011).

Os comentários estão encerrados.