Adversário do Operário na Série D, Mirassol aposta em reforços modestos, enquanto que Oeste até a semana anterior não havia anunciado contratações

Apontados como virtuais adversários mais fortes do Operário na primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro, os representantes paulistas na quarta divisão nacional não ostentam, ao menos por enquanto, o mesmo poderio demonstrado no primeiro semestre.

Enquanto o alvinegro manteve a base do Estadual e já iniciou a preparação para a Série D, Oeste e Mirassol, dois dos quatro adversários que os ponta-grossenses terão na primeira fase da competição nacional ou reformularam seus elencos, ou, no caso da equipe de Itápolis, ainda segue em passos lentos no processo de contratação.

NA FRENTE Enquanto Operário manteve base e iniciou pré-temporada, rivais desfizeram de elenco e ainda não começaram com treinos

NA FRENTE Enquanto Operário manteve base e iniciou pré-temporada, rivais desfizeram de elenco e ainda não começaram com treinos

Adversário de estreia do alvinegro, o Mirassol apelou para jogadores do interior paulista, sobretudo de equipes mais modestas, que disputam divisões inferiores, como A-2. Vieram ao time paulista para a disputa da Série D Sérgio Manoel (ex-Rio Preto) e Alex Silva (ex-Santo André), volantes; Eric (ex-Linense), lateral direito; o meia Gilsinho (ex-Linense); Romarinho (ex-Rio Preto), meia-atacante; e os atacantes Tiago Cavalcanti, Jailton, (emprestado junto ao Sertãozinho) e Serginho, que disputou o último Paulistão com o próprio Mirassol.

Treinado por Ivan Baitello, o Mirassol iniciou a preparação para a quarta divisão nacional com 15 atletas: os goleiros Emerson. Marcos e Robson; os laterais Arnaldo, Ray Rosan e Leandro Tanaka; o zagueiro Diogo Henrique; o volante Rafael Borges; os meias Munhoz e Romarinho; e os atacantes Guilherme, Lucas, Matheus, Léo e Zadrich.

Já o andamento do Oeste é mais lento. Até o início da semana o time de Itápolis não havia confirmado um único reforço para o segundo semestre, e a direção do clube prometia para esta semana resolver a situação com o anúncio de praticamente um elenco inteiro. A comissão técnica do Oeste será formada pelo técnico Moacir Júnior, preparador físico Djair Ferreira e preparador de goleiros Vanderlei.

Os outros adversários do alvinegro na primeira fase da Série D serão o Cerâmica, do Rio Grande do Sul, e o Cene, do Mato Grosso do sul. No caso da equipe de Campo Grande, a tendência é que o clube mantenha a base do elenco que atualmente disputa o Campeonato Sul Mato-grossense, competição em que é um dos semifinalistas.

Por Jeferson Augusto (Diário dos Campos – 16/6/2011).

Os comentários estão encerrados.