CBF divulgou ontem o ranking de clubes com alterações na pontuação, e ainda assim alvinegro segue em 95º lugar, atrás de cinco equipes paranaenses

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) divulgou ontem a versão atualizada do ranking de clubes. Foi a primeira vez que a entidade levou em consideração a unificação dos títulos do Roberto Gomes Pedrosa e Taça Brasil, entre 1959 e 1970, que passaram a ter campeonatos brasileiros. A mudança fez com que o Santos passasse a ser o novo líder, com 2358 pontos.

Neste período, em que registram disputas da Taça Brasil e do torneio Roberto Gomes Pedrosa, os santistas conquistaram seis títulos, enquanto que os palmeirenses tiveram quatro taças.

Participação na Série D rendeu ao Operário mais um ponto no ranking nacional

Participação na Série D rendeu ao Operário mais um ponto no ranking nacional

Se este ano o ranking sofreu uma alteração considerável nas primeiras colocações, o Operário Ferroviário não viu seu panorama ser alterado. O time ponta-grossense, embora tenha pontuado pelo segundo ano seguido (devido à participação de mais uma Série D nacional), segue na 95ª colocação, com 112 pontos. À frente do alvinegro estão cinco equipes paranaenses: Maringá (87º), Londrina (34º), Paraná Clube (23º), Atlético-PR (19º), e Coritiba (13º).

Pelos critérios expostos pela CBF, cada campeão brasileiro recebe 60 pontos. O vice do mesmo ano leva 59, e assim por diante. Os participantes das divisões menores também recebem pontuação no ranking: o vencedor da Série B leva 40 pontos, o da Série C fica com 20 e o da Série D, com 10.

A Copa do Brasil também oferece bonificação para os participantes. O campeão leva 30 pontos, o vice fica com 20 e os semifinalistas com 10. A pontuação é oferecida até a fase em que 32 equipes disputam o torneio. Como ressalva,a entidade não conta desempenho em torneios internacionais para a elaboração da lista.

A partir de 2013, a importância do ranking nacional da CBF vai deixar de ser simbólica. A posição dos clubes na lista pode servir de “atalho” na Copa do Brasil, que sofreu grandes mudanças no calendário anunciado por Ricardo Teixeira há duas semanas.

O novo sistema vai permitir que os clubes que disputam a Libertadores entrem na Copa do Brasil somente nas oitavas de final. No ano em que o Brasil tiver cinco, e não seis clubes na competição continental, o melhor brasileiro do ranking vai ganhar o direito de entrar no “mata-mata” nacional direto entre os 16 melhores.

A pontuação do ranking da CBF 2012:
1º – Santos – 2358
2º – Palmeiras – 2306
3º – Vasco – 2234
4º – Grêmio – 2208
5º – Flamengo – 2207
6º – Corinthians – 2197
7º – Cruzeiro – 2114
8º – Inter – 2111
9º – São Paulo – 2109
10º – Atlético-MG – 2080
95º – Operário – 112

Da Redação (Diário dos Campos – 14/12/2011).

Uma resposta a Diário dos Campos: Operário segue em 95º no ranking da CBF