Alvinegro faz hoje jogo-teste contra XV de Indaial, no Germano Krüger, com portões abertos

Amilton Oliveira começa hoje a esboçar a equipe que irá estrear na Série D do Campeonato Brasileiro em dezenove dias. A partir das 15 horas o Operário faz um jogo-treino com o XV de Indaial, de Santa Catarina, no Germano Krüger, com portões abertos, o primeiro teste da equipe ponta-grossense na preparação para a disputa da quarta divisão nacional.

FORMAÇÃO Amilton Oliveira começa hoje a traçar equipe ideal para a Série D - Foto: Matavelli

FORMAÇÃO Amilton Oliveira começa hoje a traçar equipe ideal para a Série D
Foto: Matavelli

Amilton admite que o compromisso de hoje tem caráter experimental, a partir deste jogo-treino que o técnico passa a moldar a equipe ideal para a estreia diante o Mirassol, no dia 17 de julho. Os testes serão tantos que Amilton irá escalar dois times diferentes no duelo de hoje. A primeira formação deve ser composta dos potenciais titulares, boa parte deles remanescentes do primeiro semestre, enquanto que nos 45 minutos restantes o técnico deve abrir espaço para o virtuais reservas. Amilton Oliveira deve escalar para começar o jogo-treino de hoje o Operário formado Filipe, Edson Grilo, Nelinho, João Paulo e George; Zé Leandro, Serginho Paulista, Cícero e Ceará; Mateus e Ícaro.

“A gente ainda está na sequência de uma semana em início com trabalho com bola, que ainda não chegou a 15 dias. A gente espera amanhã ver em que nível o elenco se encontra”, explica Amilton.

Da formação que começa jogando hoje, chama a atenção a zaga completamente nova, com apenas Filipe e João Paulo como integrantes do elenco alvinegro no primeiro semestre. Ainda assim, ambos tiveram poucas oportunidades ao longo do Paranaense, enquanto Filipe foi reserva de Ivan, João Paulo teve problemas com lesões e perdeu espaço. Espera, a partir de hoje, encontrar seu lugar entre os titulares de Amilton Oliveira. “Cheguei ao grupo na semana da estreia no Paranaense e não tive a base que é feita na pré-temporada, e já tivemos jogos muito fortes e acabei me lesionando. Agora espero fazer uma boa pré-temporada e estar em condição de jogo. A zaga tem que ter entrosamento e sabe que isso não pega de um dia para o outro. Vou fazer a minha parte e aí fica a critério do Amilton”, analisa João Paulo.

Por Jeferson Augusto (Diário dos Campos – 29/6/2011).

Os comentários estão encerrados.