O gol de Ícaro, já nos acréscimos, contra o Iraty, selou o cumprimento do primeiro objetivo traçado pelo Operário antes do início do Paranaense: cravar uma vaga entre os 40 clubes da Série D do Campeonato Brasileiro deste ano.

A vaga para a Copa do Brasil, outra meta assumida pelo clube ponta-grossense, só será definida ao fim do Estadual. Primeiro por conta do impasse com relação aos critérios estabelecidos pela Federação Paranaense (que por conta da inclusão da Copa Paraná no calendário deste ano não pode sacramentar com certa a vaga ao terceiro colocado no Estadual), bem como as chances do Cianorte tomar o terceiro posto na classificação geral na última rodada.

ASSEGURADO Gol de Ícaro, diante Iraty, assegurou matematicamente Operário na Série D do Brasileiro deste ano

ASSEGURADO Gol de Ícaro, diante Iraty, assegurou matematicamente Operário na Série D do Brasileiro deste ano

Atingidas pelo menos a metade das metas para o ano, o Operário começa a definir o segundo semestre de 2011. A composição do elenco que irá tentar pelo segundo ano seguido uma vaga na Série C nacional começou a ser esboçada horas depois do Operário assegurar matematicamente seu lugar na quarta divisão nacional (e além de ter garantido presença na ‘Final do Interior’).

Na entrevista coletiva, além de exaltar o feito obtido no Paranaense, Amilton Oliveira deu sinais de qual poderá ser seu destino ao final da competição Estadual. Seguindo os comentários já ditos durante as semanas que antecederam à classificação, o treinador não banca sua permanência no clube ponta-grossense, ao contrário, sequer assegura permanecer na decisão do interior. “Eu tenho compromisso com o clube até dia 1º (de maio), quando encerra o meu contrato, mas devo ficar mais 15 para essa decisão e depois vamos conversar”. “Comigo ninguém falou nada, vou cumprir o contrato e sentar com a direção para ver se há o interesse de ficar”, minimizou o técnico, sobre sua permanência no clube.

Horas mais tarde, através de seu Twitter, foi a vez de Ivan, um dos destaques da campanha do Operário no Paranaense, anunciar sua saída do clube, embora tenha assegurado não ter acertado com outra equipe: “após o término do campeonato paranaense 2011 não continuarei no Operário pro segundo semestre!! obrigado a todos por tudo!! sempre levarei comigo o carinho e o respeito de grande parte dos torcedores com o meu trabalho e a minha pessoa. Ainda não tenho nada definido,, assim que eu tiver algo concreto vou compartilhar com todos!!”, postou o goleiro.

A saída de Ivan, e as eminentes transferências de outros jogadores que se destacaram ao longo da campanha do Operário no Estadual, além da possível não continuidade do trabalho de Amilton Oliveira, marca a insatisfação de parte do elenco com cobranças vindas por parte dos torcedores, mesmo após a boa performance no Paranaense.

O próprio técnico sinalizou com uma eventual falta de reconhecimento do trabalho feito até agora pelo clube no Estadual “O grupo é maravilhoso e o torcedor tem que dar moral. Não é porque conseguiu (a vaga na Série D) que está tudo bem, mas tem que valorizar. Tudo isso foi conquistado graças ao esforço dos jogadores, o mérito deles”.

Em contrapartida, Dorli Michels, gerente de futebol, afirmou que – além de parte dos jogadores que já renovou (casos de Dhiego Martins, Lucas Michels, Lucas Poli, João Paulo e Filipe) – pretende dar início às negociações com o atual elenco ao longo desta semana, ou até mesmo após o fim do Estadual.

Cianorte e Arapongas brigam por vaga
A decisão de quem será o adversário do Operário na Final do Interior, e consequentemente o segundo representante do Paraná na Série D deste ano só será definida na última rodada do Estadual. Arapongas e Cianorte brigam pela última vaga, com a vantagem da equipe de Ronaldo Bagé poder empatar na última rodada para assegurar mais alguns meses de calendário este ano.

O problema do Cianorte será o seu adversário, o Coritiba, atual campeão, e que irá atuar diante um muito provável Couto Pereira lotado. Já o Arapongas terá pela frente o Roma, em casa.

A definição da decisão do interior será a única definição na rodada final do Paranaense. Além do título já garantido pelo Coritiba, o segundo rebaixado deste ano já foi definido.

Com o empate em casa, o Paraná selou sua queda para a Divisão de Acesso do ano que vem, a pior marca atingida pelo clube em seus 22 anos de existência.

Por Jefferson Augusto (Diário dos Campos – 26/4/2011).

Os comentários estão encerrados.