Sem surpresas. Confir­mando as tendências apontadas já após a vitória sobre o Iraty na semana passada, Amilton Oliveira confirmou o time titular do Operário que enfrenta o Corinthians-PR, amanhã, às 16 horas, no Germano Krüger.

Suspensos com três cartões, Vinícius e João Paulo desfalcam o alvinegro amanhã, e com isso, Amilton lançará mão de uma dupla totalmente inédita. Se Alisson já foi titular – contra o Coritiba, na estreia do Campeonato Paranaense – e entrou durante algumas partidas, inclusive marcando um gol, diante o Cianorte, seu companheiro de zaga, André, não atuou nenhuma vez com camisa do alvinegro este ano. Reforço vindo do Rio de Janeiro, o zagueiro integrou o elenco do Operário desde a pré-temporada em Reserva.

Entretanto, o jogador encontrou problema com a liberação de seu clube, a Portuguesa do Rio, e sua transferência foi completamente efetivada somente na semana passada.

Foto: ESTREIA André foi confirmado por Amilton Oliveira e fará sua estreia pelo Operário amanhã

ESTREIA André foi confirmado por Amilton Oliveira e fará sua estreia pelo Operário amanhã

A estreia de uma dupla completamente nova na defesa não chega a incomodar o treinador do Operário. “A gente teve uma conversa ao longo da semana, e o atleta está pronto, ele (André) tem características diferentes do Vinícius, que vinha jogando, mas está com o grupo desde o começo, tem acompanhado os jogos, mesmo de fora, e está vendo a dinâmica do campeonato”, assegura Amilton Oliveira.

A defesa ainda terá o retorno de Gilson, que volta à lateral-esquerda após cumprir suspensão. Rodolfo, que ocupou sua vaga na vitória sobre o Iraty, volta a ser opção no banco.

A existência de uma alternativa pelo setor, inclusive, é comemorado pelo treinador, que atualmente conta com 33 jogadores treinando. “O Gilson passa a ter uma sombra, isso é bom, agora a gente tem uma alternativa para aquele setor”, analisa.

No meio de campo, nenhuma surpresa. Ceará, que ficou de fora por conta de uma cláusula contratual, retorna automaticamente para a titularidade. O setor será composto por Edson Grilo, como primeiro volante, Serginho Paulista e Cambará mais adiantados, e além do próprio Ceará, na armação. No ataque, Mateus segue fora, se recuperando da lesão sentida na antevéspera do duelo com o Iraty. Em seu lugar, Dhiego Martins será titular, ao lado de Ícaro.

O árbitro do confronto entre Operário e Corinthians-PR será Rodolpho Toski Marques, auxiliado por Adair Carlos Mondini e Daniel Cotrim de Carvalho.

Por Jeferson Augutso (Diário dos Campos – 26/2/2011).

Os comentários estão encerrados.