Restando poucos dias para o início do Campeonato Paranaense, o Operário corre contra tempo. Primeiro, para deixar o seu estádio em ordem e condições para receber o Coritiba no domingo, ontem à tarde trabalhadores davam os últimos retoques no estádio, que, garantem os dirigentes alvinegros, receberá a estreia. Paralelamente, o clube tenta reforçar seu elenco e anuncia mais contratações.

No sábado a direção do clube informou o retorno de Serginho Catarinense. O volante foi um dos destaques da campanha que o alvinegro fez no Estadual do ano passado. O desempenho no Paranaense 2011 levou o jogador até o Paraná Clube, onde jogou pela Série B.

Foto: CHEGADAS Osmar e Arílson foram dois dos reforços que chegaram ontem ao Operário

CHEGADAS Osmar e Arílson foram dois dos reforços que chegaram ontem ao Operário

O jogador chega e se junta a Serginho Paulista, Cambará, Lisa, Felipe e Osmar na lista de jogadores que defenderam o Operário em temporadas passadas e retornam ao clube. A relação de ‘repatriados’ pode aumentar caso Baiano, atualmente no Madureira, retorne ao Operário. O clube ponta-grossense negocia com o tricolor suburbano carioca, que não tem aproveitado o atacante que foi destaque na Divisão de Acesso em 2009.

Outros reforços que chegam a Vila Oficinas é o lateral-direito Arílson e o atacante Osmar, ambos vindos do futebol do Rio de Janeiro. O primeiro estava no Duque de Caxias, enquanto que o atacante defendia o Macaé. O elenco ainda recebe o reforço de Diego Palinha, o meia-atacante tinha problemas com seu ex-clube e no fim da semana passado havia deixado Ponta Grossa para tentar resolver a situação. O jogador conseguiu rescindir seu contrato e está a disposição do treinador Amilton Oliveira.

O técnico do Operário tem menos de cinco dias para chegar à escalação ideal para a estreia contra o Coritiba, no domingo, ficando bem próxima dela após o empate sem gols no jogo-treino com o Cerro Porteño, inicialmente agendado para o Germano Krüger, mas que vetado pela Federação Paranaense viu o compromisso ser transferido para o CT do Caju, em Curitiba. No domingo, Oliveira escalou Ivan, Felipe, André, Vinícius e Gilson; Zé Leandro, Cambará, Serginho Paulista e Rilber; Mateus e Hevandro.

Durante a semana decisiva, o Operário terá o acompanhamento do consultor técnico Jair Pereira, em Ponta Grossa desde o sábado. O ex-treinador teceu elogios ao atual grupo alvinegro, ressaltando a chegada de novos jogadores e fazendo bons prognósticos para a estreia, a qual irá acompanhar. “Vem sendo feito um bom trabalho, é claro que é difícil contratar, mas estão chegando bons jogadores, com experiência. Acompanhei o jogo contra o Cerro e achei que a equipe foi muito bem, o time do Cerro é uma equipe que irá disputar a Libertadores, já trabalhei lá e sei da estrutura que eles possuem”, analisou. “Conversei bastante com o Amilton e a comissão técnica, vejo o grupo fechado, e essa é uma semana decisiva e a gente está vendo tudo para dar uma boa estrutura para esse planejamento”, conclui Jair Pereira.

Por Jeferson Augusto (Diário dos Campos – 11/1/2011).

Os comentários estão encerrados.