Semana foi de mudanças e definições em Vila Oficinas, com definições que irão orientar clube no segundo semestre e no ano que vem

A semana que passou foi agitada em Vila Oficinas, com definições importantes para o Operário nos próximos meses. Logo após a Final do Interior foi a definição dos primeiros jogadores a saírem do alvinegro. Lisa e Cambará acertaram com o Paraná, em seguida foi a vez de Ivan sacramentar sua transferência para o Joinville e Vinícius indo para o Grêmio Metropolitano de Maringá, seguindo seus passos Serginho Catarinense, que também se juntam a Tico, que foi supervisor do Operário nos últimos três anos.

Outro fato importante foi a tabela da primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro. O alvinegro terá pela frente os paulistas Mirassol e Oeste, o gaúcho Cerâmica, além do sul-matogrossense CENE. Serão mais de 5 mil quilômetros a serem percorridos, mais do que os 3036 rodados no ano passado na mesma competição. Em uma das chaves mais difíceis da competição, o alvinegro terá que ficar entre os dois melhores para avançar ao mata-mata da quarta divisão nacional, tendo pela frente um dos cinco time do grupo 8, que contém Cianorte, Juventude, Cruzeiro (ambos do Rio Grande do Sul), Brusque e Metropolitano, de Santa Catarina.

FICA Permanência de Ícaro, um dos artilheiros da temporada, foi uma das definições do Operário nos últimos dias

FICA Permanência de Ícaro, um dos artilheiros da temporada, foi uma das definições do Operário nos últimos dias

Do elenco remanescente da campanha que resultou no terceiro lugar no Paranaense deste ano, quase um time inteiro já está assegurado para o segundo semestre. Com contratos renovados já são oito jogadores que estiveram em Vila Oficinas no primeiro semestre. Antes mesmo do fim do Paranaense o clube já havia divulgado os nomes do goleiro Filipe, zagueiro João Paulo, os volantes Serginho Paulista, Zé Leandro e Edson Grilo, além do atacante Dhiego Martins. Esta semana foi a vez de Ícaro, um dos artilheiros alvinegros no Estadual deste ano acertar sua permanência.

As novas contratações agora devem atender a uma outra definição ocorrida ao longo da semana. A Premier Soccer, que até então era parceria de Dorli Michels na gestão do futebol no Operário, a partir de agora passa a ser única responsável. E com isso a figura de Jair Pereira, que no primeiro semestre era de consultor técnico, passa a ser mais importante, sendo um dos principais, senão o mais, responsável pelas contratações.

A chegada de reforços, inclusive, deve obedecer a um ‘banco de dados’ do manager alvinegro, que já assegura ter uma listagem de jogadores que interessam ao clube para a disputa da Série D. Nesta lista de pretensões estariam não apenas jogadores que atuaram no Paranaense, contra o alvinegro, como jogadores de outras regiões, incluindo o interior de São Paulo.

QUEM SAI
Ivan
Lisa
Cambará
Gilson
Vinícius
Serginho Catarinense

QUEM FICA
Filipe
Valtinho
João Paulo
Zé Leandro
Edson Grilo
Serginho Paulista
Dhiego Martins
Ícaro

O QUE MUDA
Premier Soccer assume 100% futebol
Jair Pereira passa a ser principal responsável pelo futebol

SE QUISER SUBIR PARA SÉRIE C
Terá de arcar com 100% dos gastos, a CBF não dá nenhum tipo de ajuda
Rodará mais de 5 mil quilômetros
Terá de superar times do RS, MS, SP e SC

Por Jeferson Augusto (Diário dos Campos – 22/5/2011).

Os comentários estão encerrados.