Premier Soccer apresenta planejamento para alvinegro e fala em melhorar estrutura e brigar pelo acesso À Série C nacional

A nova fase de terceirização do futebol no Operário teve início oficial ontem, com a apresentação da empresa Premier Soccer, do Rio de Janeiro, em Vila Oficinas.

Jairo Freitas, sócio do grupo, concedeu uma entrevista coletiva onde apresentou os planos para o clube ponta-grossense a partir de agora, quando sua empresa passa a ser a única responsável pela gestão do futebol em Vila Oficinas.

MUDANÇA Jairo Freitas, sócio da Premier Soccer, responsável pelo futebol em Vila Oficinas, apresentou planos para o Operário

MUDANÇA Jairo Freitas, sócio da Premier Soccer, responsável pelo futebol em Vila Oficinas, apresentou planos para o Operário

Nas metas propostas pelo empresário estão fortalecer o clube e brigar pela vaga na Série C do Campeonato Brasileiro do ano que vem. Jairo Freitas citou como parte do planejamento melhorar a estrutura no Operário, uma das exigências feitas por Amilton Oliveira para que ele permanecesse no comando da equipe no segundo semestre, e apontou para a promoção de jogadores do elenco sub-20 alvinegro, cuja responsabilidade já se encontrava nas mãos da Premier Soccer desde o ano passado. “Vamos tentar fazer um bom trabalho aqui, montar a academia, criar o departamento médico, e procurar dar condições ao clube”.

A revelação de jogadores e futuras negociações destes mesmo revelados em Vila Oficinas é abertamente a meta de renda para a empresa carioca, discurso semelhante ao adotado quando o Grupo Gestor anterior à Premier assumiu o futebol em Vila Oficinas. “O atleta é patrimônio do clube, e é preciso melhorar as condições. Hoje elas são muito melhores do que quando chegamos, e viemos para cá para para melhorar, e uma destas coisas é o planejamento”, analisa Jairo.

À frente também do Bangu, do Rio de Janeiro, o grupo de empresários do Rio ainda monta sua estrutura no Operário, que deve ter mais funcionários atuando em Vila Oficinas nos próximos dias.

Na próxima semana deve também ser dado início à pré-temporada da equipe para a Série D nacional. Amilton Oliveira e os demais integrantes da comissão técnica deve retornar a Ponta Grossa e começar o planejamento para a competição nacional. Além dos jogadores já assegurados para o segundo semestre, o elenco de Amilton Oliveira deverá ser complementado com jogadores egressos do atual time sub-20 (“assediados por muitos clubes, e que vem para compor o elenco”, explica Jairo), além de eventuais novas contratações.

Sócio da Premier e atuante no futebol há 13 anos, Jairo afirma que está presente no Operário desde o ano passado, mas que somente agora, por conta das reformulações na gestão do futebol no clube, passou a ser figura exposta. “A gente estava aqui desde o dia 1º de dezembro de 2010, mas até então tinha o Dorli, o Marcelo (Sfeir, então gerente, que também deixa o clube)”, explica.

Os comentários estão encerrados.