Desde sua chegada ao Operário, Amilton Oli­veira não escondeu sua predileção pelo esquema 4-4-2, alertava, entretanto, que no futebol moderno esta fórmula possui algumas variações. E para a estreia do Operário – e dele à frente do clube ponta-grossense – no Paranaense, o treinador adotará uma destas variáveis do esquema tático.

Em um treino no Germano Krüger, onde mesclou coletivo com ensaio de jogadas e partes táticas, o técnico adiantou qual time deverá começar jogando no domingo, diante o Coritiba. Limitado pelas documentações ainda pendentes de alguns jogadores, Amilton deve por em campo um 4-3-2-1, formado por uma linha defensiva com quatro jogadores, resguardada por três volantes, dois meias e uma tacante, com a variação de que este segundo meia em determinados momentos faria o papel de segundo atacante.

Foto: NA FRENTE Hevandro deverá ser o único atacante de ofício do Operário no domingo

NA FRENTE Hevandro deverá ser o único atacante de ofício do Operário no domingo

A defesa será composta por Ivan, Lisa, Vinícius, Alisson e Gilson. André, que até então vinha treinando como titular, não deve ter sua documentação regularizada a tempo, e com isso Alisson ganha oportunidade. No meio, outra mudança forçada por inscrições impossibilitadas e o setor será formado por Zé Leandro, Serginho Paulista, Cambará, Serginho Catarinense e Rilber. Serginho Catarinense, que inclusive chegou a afirmar que não tinha condições físicas, terá de ser forçado a titular já que Mateus, atacante, como prenunciado durante a semana, não poderá ser registrado a tempo. Na frente, Hevandro compõe o ataque.

A predileção por um meio de campo mais recheado com atletas com características de toque de bola (Rilber, Serginho Catarinense e Cambará, este último, ainda que tenha função de volante também é opção na saída de bola e algumas vezes já foi improvisado como meia) tem como explicação o adversário. “Contra uma equipe como o Coritiba você tem que ter a posse de bola, se for ficar correndo atrás, fica complicado”, explica.

Ingressos
Para hoje a expectativa que os ingressos para o confronto contra o Coritiba comecem a ser vendidos. A intenção da diretoria era por a primeira carga de ingressos, no quiosque no shopping e no Lojão do Keima, e amanhã nas bilheterias do estádio.

Por Jeferson Augusto (Diário dos Campos – 14/1/2011).

Os comentários estão encerrados.