Após testar esquema com três atacantes em amistoso, técnico do Operário sinaliza volta a esquema tradicional contra o Oeste

Após testar, sem sucesso, um esquema com três atacantes no amistoso contra o Cambé no amistoso no último domingo, Amilton Oliveira sinaliza em voltar ao esquema tradicional desde que assumiu a equipe ponta-grossense no começo do ano.

O técnico do alvinegro comanda na tarde de hoje o último coletivo antes do jogo decisivo que terá contra o Oeste no domingo, e na tarde de ontem ele esboçou a equipe que poderá começar jogando no Germano Krüger domingo.

NOVIDADE Marcelinho, reforço apresentado esta semana, poder novidade do ataque do Operário - Foto: Rodrigo Covolan

NOVIDADE Marcelinho, reforço apresentado esta semana, poder novidade do ataque do Operário
Foto: Rodrigo Covolan

A partida contra o Oeste é fundamental para as pretensões alvinegras na Série D do Campeonato Brasileiro. Na lanterna do grupo A7 com um ponto, nenhuma vitória e apenas um gol marcado, a equipe de Vila Oficinas precisa vencer para prosseguir sonhando com uma vaga para as oitavas de final da competição. A liderança ainda segue com o Cene, que em casa foi derrotado por 3 a 0 pelo Cerâmica, que agora foi a quatro pontos, mesma pontuação que o terceiro lugar do Oeste. A segunda posição do grupo é do Mirassol.

No treino de ontem, Amilton iniciou o coletivo adotando o Operário no 4-4-2, sinalizando que deverá lançar mão do esquema contra o Oeste. Na defesa, o treinador optou por Vitor Ramires e André, dupla que até então não havia sido utilizada. Nas laterais, Fabiano, na esquerda, e China, que já atuou no amistoso do último domingo. O meio de campo teve Marcelo, volante que já foi testado por Amilton diante o Cambé, além de Zé Leandro, que retorna à equipe após cumprir suspensão, Serginho Paulista, e Edson Grilo, que deverá ser incumbido de ser o principal armador alvinegro.

No ataque, Amilton inicialmente escalou Luciano – outro que foi titular no amistoso de domingo – ao lado de Ícaro, porém, na segunda metade do treino o técnico utilizou Marcelinho Henrique, reforço que chegou esta semana à Vila Oficinas. Com passagem pelo Botafogo, Paraná Clube e por último Campinense, Marcelinho pode fazer sua estreia no domingo, entre os titulares, inclusive, desde que tenha seu nome publicado no BID, fato que até ontem não havia ocorrido.

Por Jeferson Augusto (Diário dos Campos – 12/8/2011).

Os comentários estão encerrados.