O Operário Ferroviário busca hoje, diante do Iraty, dar fim a uma sequência de duas derrotas que geraram um mal-estar no clube, que incluiu dispensas de atletas, insatisfação da torcida e a queda na tabela de classificação.

Na sexta-feira a diretoria alvinegra comunicou a dispensa doa atacantes Baby, Leo Gazola e Erivaldo (o meia Ítalo chegou a ser anunciado como fora do elenco devido à demora em sua documentação, porém, durante a tarde a dispensa foi revista e ele treinou normalmente na sexta-feira) e hoje, às 16h40, no Emílio Gomes, o técnico Norberto Lemos mexe mais uma vez na escalação do time ponta-grossense em busca de uma recuperação no campeonato.

“Vamos mexer enquanto o campeonato está equilibrado e ainda dá tempo de se recuperar. Às vezes é bom dar uma sacudida”, analisa o técnico.

Para a partida de hoje à tarde Lemos alterou consideravelmente o time titular. Sem poder contar com Serginho Catarinense e Serginho Paulista, ambos suspensos, o treinador optou por manter o esquema com três zagueiros, mas mudou a composição do meio de campo. Lisa, que até então vinha atuando pela ala direita, foi deslocado para o meio. Ele fará companhia a Silvão, Ceará, e os alas Digão e Cassiano (que, pela primeira vez, começa jogando). Juninho, até então titular em todos os jogos, vai para o banco.

Lemos também mexeu na defesa. Além da volta de Flamarion, que não jogou contra o Rio Branco por estar suspenso, o setor terá a presença de João Renato e o jovem Marquinhos, egresso do time sub-20 do ano passado mas que chegou a atuar este ano, no decorrer de algumas partidas. “O Marquinhos vem bem nos treinos, é um garoto de qualidade, e o Grafite ainda não conseguiu o entrosamento que eu desejava. Já o Lisa vai para o meio campo, onde ele já jogou, inclusive na quinta-feira. O Cassiano é um jogador de qualidade, principalmente na bola parada, onde estamos errando muito”, justificou o técnico, que, apesar de escalar apenas um volante de ofício (Silvão), rechaça uma equipe mais ofensiva. “É um time de marcação. O que acontece é que nos últimos jogos aquela pegada lá na frente, no campo do adversário, não vinha acontecendo, acabamos dando uma relaxada”.

Na frente, setor que gerou muitas reclamações por parte do treinador, finalmente deve ter a volta da principal referência. Baiano, que atuou somente na estreia, deve ter condições e começar jogando hoje. Douglas, que titular na quinta-feira será seu companheiro, deixando Dyego Souza, até então titular, na reserva.

Por: Jeferson Augusto (DCMais 31/01/2010)

Os comentários estão encerrados.