20100615-leo-gazolla-jmnews

Cambará, Vinícius, Léo Gazola e Leonardo iniciam preparação física no clube; 24 atletas já compõem elenco que vai disputar a quarta divisão do brasileirão

O elenco do Operário Ferroviário finalmente ganhou corpo. Ontem 24 jogadores treinaram no estádio Germano Krüger e a preparação para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro começa pra valer. As principais novidades foram a apresentação dos zagueiros Vinícius e Leonardo, do volante Cambará e do atacante Léo Gazola, que voltam a vestir a camisa do Fantasma.

Por outro lado, já houve a primeira baixa. O goleiro Cristiano deixou o elenco e foi substituído pelo jovem Rafael, que estava no Londrina e tem apenas 19 anos.

Da Divisão de Acesso vieram dois reforços. O volante Cambará, que teve uma boa participação na campanha do acesso do Operário e que estava em baixa no Arapongas, acertou seu retorno e é a esperança de qualidade no meio campo da equipe. Quem também deixou um clube da segunda divisão para voltar a Ponta Grossa foi o atacante Léo Gazola. Depois de se desligar do Francisco Beltrão, que vive grave crise financeira, o jogador se apresentou em Vila Oficinas pela segunda vez no ano, já que foi dispensado ainda no início do Paranaense 2010 pelo gestor Franco Menezes, após a derrota para o Rio Branco, na estreia no estádio Germano Krüger. “Isto já faz parte do passado, agora a história é outra”, garante o atleta.

O discurso é confirmado pelo gestor Dorli Michels. “Agora é uma nova situação, naquela época ele não se adaptou ao esquema, mas é bom jogador”, argumenta o empresário do grupo gestor.

Também se apresentaram os zagueiros Vinícius e o Leonardo, que disputaram o Paranaense 2010 e acertaram o retorno. Leonardo era pretendido pelo Marília, que vai disputar a Série C, mas optou pela sequência em Ponta Grossa. Já Vinícius, que é natural de Ponta Grossa, também optou por permanecer na cidade. Outro que chegou foi o lateral esquerdo e meia Péricles, oriundo do Batatais (SP). Para esta semana é esperada a chegada dos atacantes Paulinho, vindo do Uniclinic (CE) e Marcelo, campeão da Copa São Paulo pela equipe júnior do Figueirense em 2008.

Por Vitor Hugo Gonçalves (JMNews – 15/06/2010).

Os comentários estão encerrados.