Preparador físico quer time na condição ideal já para a estreia contra o Coritiba, no dia 16 de janeiro; trabalhos táticos serão reforçados a partir do dia 3 de janeiro

Mesmo sem a estrutura necessária para a realização de uma série e exames, o preparador físico Antônio Marcos diz que os atletas já avançaram pelo menos 50% do trabalho de condicionamento para as disputas do Campeonato Paranaense. Com metade ‘do caminho andado’, a meta é chegar com o elenco em condições ditas ideais já para a estreia no dia 16 de janeiro – no difícil desafio contra o Coritiba, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa.

Foto: Time do Operário, do lateral Lisa, ainda reforça a preparação física sob o comando de Antônio Marcos

Time do Operário, do lateral Lisa, ainda reforça a preparação física sob o comando de Antônio Marcos

Sem dar folga para os atletas e bastante exigente mesmo com temperaturas na casa dos 30 graus, como na tarde de ontem, o preparador físico Antônio Marcos – que tem fama de ser durão com quem trabalha – cobra dedicação e empenho dos jogadores para que eles sejam os maiores beneficiados quando a temporada começar de verdade.

“Se alguém disser alguma porcentagem exata ou está adivinhando ou é muito bom, porque ainda não fizemos uma série de testes e exames com os jogadores. Tem a diferenciação entre eles, mas pela minha experiência digo que estamos na metade do trabalho. Queremos dentro da nossa estrutura chegar na condição ideal já para a estreia e depois é manter, até porque teremos uma sequência puxada de jogos [ nas nove primeiras rodadas, isto é, no primeiro turno inteiro as rodadas serão alternadas com jogos sempre nos fins e nos meios da semana]”, explica ao dizer que o ideal para os reforços que chegarem é de já estar com bom preparo atlético.

De acordo com Antônio Marcos, existem algumas diferenciações no condicionamento dentro do grupo – com alguns jogadores melhores preparados do que outros –, mas com todos tendo a mesma condição para o trabalho dentro de campo, para o jogo propriamente dito. “Teremos essas partidas quarta e domingo e esse clima de competição será benéfico, porque essa folga passa ser a regeneração dos atletas já para o próximo confronto. Além disso, ainda teremos ainda esses amistosos que estão para serem confirmados que dá outro ritmo na preparação dos jogadores, já que mesmo tentando o trabalho em campo é diferente do que só a parte física”, reforça.

PROGRAMAÇÃO
A previsão da comissão técnica é de que até o dia 2 de janeiro – levando em conta a folga para o Ano Novo – o trabalho seja concentrado na parte física. Já a partir do dia 3, com a reapresentação, as ações ficarão divididas entre o preparado Antônio Marcos e o técnico Amilton Oliveira, com os treinos táticos e técnicos também ganhando espaço na preparação do elenco.

Por Alexandre Costa (JMNews – 30/12/2010).

Os comentários estão encerrados.