Time precisa da vitória sobre o Corinthians Paranaense para buscar fora de casa pontos que garantam retorno ao cenário nacional

Apesar do empate contra o Cascavel – considerado um verdadeiro tropeço por conta da situação do jogo e pela vitória estar garantida até os 42 minutos do segundo tempo -, o Operário entra em campo hoje ainda só dependendo de seu desempenho para se manter na zona de classificação para a Série D. Na atual situação da tabela, os dois times que ficarem atrás dos representantes da capital se garantem na competição nacional, tendo ainda o melhor do interior uma vaga garantida na Copa do Brasil em 2011 como bonificação pela campanha. Por conta da transmissão ao vivo pelo sistema pay per view, o jogo terá um horário diferenciado. O confronto no Estádio Germano Krüger acontece a partir das 18h30.

O problema que nem sempre o Fantasma segue o cronograma e garante em campo o que a matemática prevê. O empate com o Cascavel manteve o Fantasma na mesma situação na tabela que uma vitória no jogo suspenso o deixaria – na 5ª colocação atrás do Paraná Clube pelos critérios de desempate. No entanto, com apenas mais dois jogos em casa – hoje contra o Corinthians Paranaense e na sequência o Paranavaí -, o alvinegro terá de recuperar esses pontos fora de casa. O problema é que os desafios serão contra o trio de ferro da capital – Atlético Paranaense, Coritiba e Paraná Clube, na sequência.

Até certo ponto, essa questão de encarar os desafios longe de Ponta Grossa não deve ser problema. Isso porque neste campeonato, a maior parte dos melhores resultados do Fantasma foi na casa do adversário.

Fantasma tem jogos complicados pela frente
Depois do jogo de hoje contra o Corinthians Paranaense, o Operário terá de buscar pontos em Curitiba. Isso porque dos quatro últimos jogos, três serão contra os times da capital.

O primeiro desafio será já contra o Atlético Paranaense, na quarta-feira, na Arena da Baixada. O Fantasma vai com o retrospecto favorável, por ter batido os então favoritos em sua cada de virada – 2 a 1. Mas agora, o Furacão está na briga pelo título, enquanto o Operário quer se manter na briga por uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro.

Depois vem o Coritiba, equipe de melhor campanha até agora e que venceu o Operário no Estádio Germano Krüger por 1 a 0 na primeira fase. O jogo será no domingo, dia 11 de abril, no Estádio Couto Pereira.

O Operário então ganha uma folga dos desafios fora de casa e joga no domingo, dia 18, e volta para Ponta Grossa para encarar o Paranavaí. Depois, finaliza sua participação com o Paraná Clube. Na primeira fase, os ponta-grossenses foram bem e garantiram o empate na Vila Capanema perdendo ainda muitas chances de sair com uma vitória.

Por Alexandre Costa (JMNews – 04/04/2010)

Os comentários estão encerrados.