Time já viajou e deve chegar hoje pela manhã no Rio de Janeiro para o jogo deste sábado contra o Madureira; partida teve horário alterado para às 15 horas

O Operário viajou na noite de ontem, às 21 horas, em direção ao Rio de Janeiro com o pensamento de que o time tem condições de buscar a classificação sobre o Madureira na partida deste sábado. E sem jogar a tolha no desafio de 180 minutos, a aposta é na pressão para reverter o placar de 4 a 2 sofrido em Ponta Grossa. A meta é repetir os primeiros 20 minutos que apresentou no jogo de ida quando dominou a partida e criou várias oportunidades não convertidas.

Foto: Técnico Caçapa aposta na vontade dos jogadores para apresentar um bom futebol e buscar resultado

Técnico Caçapa aposta na vontade dos jogadores para apresentar um bom futebol e buscar resultado

Mas o trabalho será realizado sem uma tática ‘suicida’ pensando apenas no ataque ou com um modo de jogar muito diferente do que apresentou até agora. “No primeiro tempo temos que atacar, mas precisamos também jogar no erro deles. Futebol não se decide no desespero. Vamos procurar o jogo e com tranquilidade temos que buscar um gol para tentar desequilibrar o adversário. O que precisamos é apresentar o mesmo jogo que fizemos no começo contra eles aqui, mas com atenção total na defesa para não ficar aberto e dar chance para os contra-ataques”, analisa o treinador Pedro Caçapa.

Leia a matéria na integra no JM impresso.

Por Alexandre Costa (JMNews – 15/10/2010).

Os comentários estão encerrados.