Meta é mais uma vez vencer o rival, como aconteceu na estreia do Campeonato; contra os times classificados, Fantasma tem três vitórias, três derrotas e um empate

Hoje, quando o time do Operário entrar em campo contra o Cascavel, a partir das 19h30 no Estádio Germano Krüger, a meta será já começar a segunda fase do Campeonato Paranaense com o mesmo resultado da estreia – quando o Fantasma venceu o rival por 1 a 0. No entanto, para atingir a meta que é de ficar entre os primeiros colocados e estar entre os dois melhores do interior para ficar com uma das duas vagas na Série D do Campeonato Brasileiro, o alvinegro precisa também manter a reputação de ser o segundo melhor visitante da competição. Nesse quesito perde apenas para o Coritiba (só nos últimos três desafios o time venceu duas fora de casa e conseguiu a recuperação na reta final do campeonato).

No time escalado pelo técnico Caçapa não haverá grandes mudanças. O atacante Clênio, que não treinou, deve seguir entre os titulares. Já o lateral Gilson, que cumpriu suspensão, volta no lugar de Digão na esquerda. Rafael Leandro deve aparecer como opção no banco de reservas.

Pela sequência dos adversários, o Fantasma já precisa repetir o resultado da estreia do campeonato na abertura da segunda fase. Hoje o jogo é contra o Cascavel e ainda lá na primeira rodada do Estadual, com o jogo realizado no Eco Estádio, em Curitiba – por conta das obras no gramado do Estádio Germano Krüger -, o alvinegro levou a melhor e venceu no finalzinho por 1 a 0 com o gol de pênalti convertido por Serginho Catarinense.

Na segunda rodada, contra o Iraty, a partida contra o Operário acontece novamente no Emílio Gomes, quando o time da casa levou a melhor e bateu o então desfalcado Fantasma por 3 a 1.

No terceiro jogo vem novamente a obrigação de manter o resultado. Se na primeira fase o time de Caçapa venceu o Corinthians Paranaense no Eco Estádio agora a missão será garantir os três pontos jogando em Ponta Grossa.

Depois vem a dupla ‘Atle-Tiba’. Na quarta rodada vem um dos desafios mais difíceis. Além de encarar mais uma vez o Atlético Paranaense na Arena, na capital, o Fantasma vem com o histórico favorável ao bater o rival de virada por 2 a 1.

Com os pontos extras garantidos, o Coritiba não vai querer dar chance aos adversários. E o time que venceu os ponta-grossenses no Germano Krüger por 1 a 0 agora vai jogar no Couto Pereira com a missão de seguir com a vantagem de só depender de seus resultados para garantir o título.

Depois dos jogos da capital, o Operário volta para Ponta Grossa com a missão de devolver a derrota sofrida para o Paranavaí pelo placar de 1 a 0 na região noroeste do Estado. Na última rodada contra o Paraná, o empate contra o tricolor obtido na Vila Capanema se repetido será visto com bons olhos pela equipe do interior, já que dependendo da situação da tabela e do andamento do campeonato, o resultado poderá garantir o Fantasma na Série D do Campeonato Brasileiro.

Por Alexandre Costa (JMNews – 24/03/2010)

Os comentários estão encerrados.