Única polêmica ficou por conta da fórmula de disputa das finais, que não terão diferença no saldo de gols nas duas partidas; tabela fica só para depois das eleições

Os representantes dos clubes que disputarão o Campeonato Paranaense em 2011 estiveram ontem na sede Federação Paranaense de Futebol, em Curitiba, para confirmar as mudanças no regulamento e na forma de disputa do torneio que começará a partir do dia 16 de janeiro. Sem grandes novidades, a discussão maior ficou em cima do ponto que trata da decisão do título – a ser realizado entre os campeões de cada uma das fases. A polêmica acontece porque não haverá vantagem de saldo de gols e em caso de uma vitória para cada lado, independente do placar, a definição do campeão da temporada será nos pênaltis. Já a tabela deve ser divulgada mesmo somente após o período eleitoral. Outros pontos também foram abordados como a vistoria dos estádios, taxas, arbitragem e transmissão de televisão com as suas cotas para os clubes.

Foto: Amilton Stival, Vice-presidente da FPF e Diretor de Futebol Profissional e Hélio Cury, Presidente da FPF

Amilton Stival, Vice-presidente da FPF e Diretor de Futebol Profissional e Hélio Cury, Presidente da FPF

O Operário foi representado pelo seu presidente Carlos Roberto Iurk, o gestor do departamento de Futebol, Dorli Michels, e também o advogado Domingos Moro. Todos bastante atentos, assim como os demais dirigentes – com exceção do Paranavaí que não teve representante – para evitar problemas futuros, como aconteceu com o Supermando, que teve de ser aturado por duas temporadas. “Foi mais a confirmação do que já tínhamos discutido no pré-arbitral, com a disputa sendo em dois turnos. O que demorou mais foi a leitura de artigo por artigo do regulamento para evitar novos problemas no decorrer da competição”, disse Iurk.

O que está certo e foi confirmado pelos clubes é que o campeonato terá dois turnos. Todos os clubes se enfrentam e fazem 11 jogos em casa e mais 11 fora. O campeão de cada fase garante o seu lugar na decisão. No caso de vitória do mesmo time, já fica definido o campeão paranaense de 2011. A final, em dois jogos, terá apenas a mudança de não se levar em conta o saldo de gols.

Na parte debaixo da tabela, a definição dos rebaixados para o Acesso em 2012 acontecerá com base na classificação geral após os dois turnos. O mesmo vale para o chamado ‘título do interior’, com a somatória de todos os jogos.

COPA DO BRASIL
Apesar de haver o interesse por parte da Federação Paranaense de Futebol em confirmar já os times que representarão o Estado na Copa do Brasil do próximo ano, o presidente Iurk reforçou que oficialmente ainda a vaga não está com o Operário. “Está quase tudo certo, mas ainda não foi confirmada oficialmente ontem pela Federação”.

Por Alexandre Costa (JMNews, Net Esporte Clube – 22/09/2010).

Os comentários estão encerrados.