Operário inicia hoje oficialmente trabalhos para definição de time que vai disputar o Estadual; do elenco atual 14 atletas têm contrato até maio, no final do Paranaense

A eliminação do Operário com duas goleadas sofridas para o Madureira (4 a 2 e 6 a 2) deixam o time ponta-grossense com os olhos voltados para a disputa do Campeonato Paranaense em 2011. Se tivesse avançado na competição nacional teria garantido calendário o ano todo por no mínimo dois anos com o lugar na Série C. Agora, no entanto, precisa de uma boa campanha no estadual para poder voltar a disputar o Brasileiro da Série D no segundo semestre da próxima temporada.

Foto: Madureira comemora vaga com duas vitórias sobre o time ponta-grossense

Madureira comemora vaga com duas vitórias sobre o time ponta-grossense

Se o resultado não foi o esperado pela torcida e pelo próprio time, a derrota na reta final do torneio nacional não apaga a boa temporada para uma equipe que ficou quase 15 anos apenas na disputa das divisões inferiores. Com a missão inicial de se manter na elite do Paranaense, conquistou o quinto lugar e carimbou a vaga para a Série D. Além disso, ainda só falta receber a confirmação oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para a disputa da Copa do Brasil já no próximo ano.

Leia a matéria na integra no JM impresso.

Por Alexandre Costa (JMNews – 19/10/2010).

Os comentários estão encerrados.