Lateral-direito estava no ABC de Natal e conquistou o título da Série C do Brasileirão. Cheio de gás, promete levar o Fantasma ao título

O lateral-direito Lisa está de volta a Ponta Grossa. Depois de uma temporada longe dos Campos Gerais do Paraná, o jogador de 26 anos foi confirmado nesta segunda-feira como reforço do Operário Ferroviário para as disputas do Campeonato Paranaense de 2011. Pontagrossense de coração (nasceu em Piraí do Sul, cidade vizinha), o jogador se mudou para a Ponta Grossa com quatro meses e disse que suas raízes falaram mais forte na hora de decidir seu futuro.

“Eu tinha propostas financeiramente muito mais interessantes, mas eu sempre quis voltar para cá até como forma de gratidão. Estou muito feliz com esse retorno para cá. Abri mão de muitas coisas para poder estar aqui novamente”, disse, por telefone à Gazeta do Povo. Segundo Lisa, seus empresários queriam levá-lo para o Rio Grande do Sul, mas atendendo a pedidos da família e do coração, decidiu voltar ao Fantasma.

Foto: Lisa (no detalhe com o dedo quebrado) chegou a ser titular do Furacão no Brasileirão deste ano

Lisa (no detalhe com o dedo quebrado) chegou a ser titular do Furacão no Brasileirão deste ano

“O que me motivou a ficar foram os amigos e familiares, além dessa torcida que é impressionante. Foi uma negociação bem difícil, pois meu empresário queria me levar para disputar o Campeonato Gaúcho. Mas eu disse que queria muito ficar e felizmente minha vontade prevaleceu. Quero retribuir todo o carinho desse povo e desse time onde nasci para o futebol”, afirmou.

Depois de ajudar o Operário a voltar para a primeira divisão do futebol paranaense, Lisa foi um dos destaques do time no Estadual. Tanto que chamou a atenção do Atlético Paranaense que o contratou por um período de três meses. “Foi maravilhoso para minha carreira. Me abriu muitas portas. Infelizmente quando cheguei quebrei um dedo e tive que ser operado, mas mesmo assim acabei jogando o Brasileirão. Representar um time como o Atlético foi muito importante para mim”.

Depois do Atlético (ficou lá até a parada da Copa do Mundo), Lisa foi para o ABC, de Natal, onde conquistou o título da Série C do Brasileirão e foi finalista da Copa do Nordeste. “Foi um ano maravilhoso para mim. Espero repetir isso em 2011”. Lisa pensa grande e é um bom propagandista de si mesmo. Se fizer um bom Paranaense, acredita, poderá ir para um time grande. “Acho que vamos brigar pelo título. Depois, quem sabe não jogo a Série B pelo Paraná ou até no Coritiba. Prefiro ficar no futebol paranaense”, conclui.

Por Eduardo Luiz Klisiewicz (Gazeta do Povo – 20/12/2010).

Os comentários estão encerrados.