Oficialmente, o Operário voltou para casa. O clube encerrou na semana passada a pré-temporada em Reserva desde o último domingo se reapresentou em Ponta Grossa, já iniciando os treinos na cidade.

Ontem, o elenco realizou um trabalho físico no América, enquanto que os goleiros fizeram um trabalho específico nas dependências do próprio Operário. O gramado do Germano Krüger, a princípio, segue sendo preservado após os reparos que sofreu no último mês.

A reapresentação ocorreu sem grandes novidades, os reforços, um atacante, meia, zagueiro e lateral, ainda não foram encontrados pela diretoria do clube, que segue analisando alguns nomes. “Estamos correndo atrás, têm muitas indicações de jogadores, e é importante que estejam oferecendo, mas é preciso analisar com calma. Acredito que no dia 2 estes nomes já tenham sido acertados e se apresentem”, analisou o gestor de futebol Dorli Michels.

Foto: DE VOLTA Após preparação em cidade vizinha, elenco do Operário voltou a treinar em Ponta Grossa

DE VOLTA Após preparação em cidade vizinha, elenco do Operário voltou a treinar em Ponta Grossa

Entre os jogadores, o retorno a Ponta Grossa é encarado como a última parte da preparação para o Estadual. “Foi muito proveitoso a nossa pré-temporada lá em Reserva, mas é bom voltar para Ponta Grossa. Agora é focar nessa reta final da preparação, lapidar o time, tanto na parte física como na técnica”, opinou Cambará. O volante ainda completa acreditando que o elenco já começa tomar corpo, faltando menos de vinte dias para a estreia. “Acho que o time já tem uma cara, e agora acredito que é pegar o que precisa ser arrumado para que possamos estar bem, não apenas para a estreia, mas para todo o campeonato, que promete ser bastante pesado, bem disputado”, analisa.

O clube ponta-grossense também corre contra o tempo para fechar dois amistosos antes da estreia no Campeonato Paranaense, no dia 16 de janeiro. A diretoria de Vila Oficinas pode fechar hoje, duas partidas em Ponta Grossa, nos dias 5 e 8 de janeiro, contra Matsubara e Joinville. Até agora o Operário fez dois amistosos, em Reserva, vencendo ambos, por 30 a 6 a 0, respectivamente, contra o Serrano, e um segundo diante um combinado amador da cidade. Entretanto, os dois compromissos foram assumidos pelo técnico Amilton Oliveira como jogos-treinos.

Por Jeferson Augusto (Diário dos Campos – 28/12/2010).

Os comentários estão encerrados.