Após sinalizar com um meio campo ofensivo, o técnico do Operário, Pedro Caçapa, voltou a utilizar o esquema com três volantes. No treino da tarde de ontem, o time titular utilizado por ele foi o mesmo que venceu o Corinthians Paranaense no último sábado.

No começo da semana Caçapa havia escalado uma equipe com dois meias, entretanto, na atividade de ontem à tarde no Germano Krüger, Dario, terceiro volante e que não havia treinado na terça-feira, atuou entre os titulares.

A partida de domingo, diante o Serrano, vem sendo encarada pelo elenco alvinegro como “decisão”, “final”. A vitória pode assegurar a permanência da equipe na primeira divisão do Paranaense, e de quebra encaminhar uma classificação para a segunda fase.

É o jogo das nossas vidas, sem dúvida. Uma vitória nos livra do rebaixamento e sabemos que o Operário não pode cair, é a nossa final e temos a obrigação de vencer?, declarou Filipe, titular absoluto do gol, já que Danilo anunciou sua saída de Vila Oficinas na quarta-feira.

Faz tempo que não jogo aqui, mas esperei minha oportunidade e estou feliz porque ela chegou. Sei da pressão, mas sei que a torcida vai nos apoiar nesse jogo tão importante?, complementou o goleiro, um dos poucos remanescentes do elenco da campanha de 2008, na ocasião, Filipe teve trajetória semelhante. Então reserva, passou a titular no meio da competição, após Dida, bastante criticado pela torcida, ir para a reserva.

Por Jeferson Augusto (DCMais – 12/03/2010)

Os comentários estão encerrados.