Operário usa jogos contra equipes do estado para se preparara para a Série D; alvinegro perdeu para o Paraná Clube e irá jogar contra o Iraty no próximo sábado, também em casa

Alguns meses antes, a diretoria do Operário planejava uma preparação para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro que incluía amistosos e torneios internacionais. Tanto o torneio quanto a partida com o Estoril, de Portugal, não vigaram, e com isso a opção do clube ponta-grossense foi enfrentar equipes de cidades próximas.

No sábado o alvinegro receberá o Iraty, que também se prepara para a Série D (está no grupo A10, com Pelotas, Metropolitano e Marcílio Dias), provavelmente no último teste antes da estreia na competição nacional.

Foto: TESTE Operário foi derrotado por 2 a 0 em amistoso em casa, que serviu como primeiro teste antes da disputa da Série D

Antes, o Operário já havia disputado um jogo treino com o Atlético-PR e na noite do último sábado enfrentou o Paraná Clube em um amistoso no Germano Krüger, na partida que marcou a estreia do elenco que disputará a quarta divisão nacional, além do reencontro da torcida com a equipe de Vila Oficinas. A equipe treinada por Caçapa recebeu o atual líder da Série B do Brasileiro e saiu derrotada por 2 a 0, em uma partida que atraiu pouco mais de 600 torcedores para o Germano Krüger no sábado à noite.

O time que começou jogando foi formado por Osmar, Cassiano, Rodrigo De Lazzari, Leonardo e Gilson, defesa que encerrou o Campeonato Paranaense e que conseguiu segurar o ataque paranista durante todo o primeiro tempo e parte da etapa complementar.

O meio de campo começou com Dário, Diego Zanuto, Cambará e Danielzinho. Desta formação, apenas Dario atuou pelo Operário este ano, e sem ter atuado junto esta temporada, o setor sofreu com o desentrosamento. A escalação indica ainda uma opção mais ofensiva de Caçapa, já que apenas Zanuto é um jogador com características defensivas, e Danielzinho em alguns momentos atuou como um terceiro atacante.

O ataque alvinegro também foi formado por jogadores novos para a torcida do Operário, Edenílson e Tiago Oliveira. Ainda entraram durante a partida Romerito, Rilber e Leo Gazola, todos, com exceção de Gazola, que foi dispensado do Operário no Paranaense após três jogos, estreando pelo clube alvinegro.

O Operário estreia na Série D contra o São José, em Porto Alegre. Uma semana depois, no dia 25, será a vez da equipe voltar a disputar uma partida válida por um campeonato, contra o Joinville.

Por Jeferson Augusto (DCMais – 06/07/2010).

Os comentários estão encerrados.