O Operário venceu o Paranavaí por 1 a 0 e com isso, além de se despedir de sua torcida com uma boma apresentação, segue vivo na briga por uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro.

Precisando dos três pontos, o Operário exerceu pressão desde o começo, e com maior posse de bola, não tardou a abrir o placar. Aos nove minutos, Clênio, aproveitando um rebote na pequena área, marcou.

Atuando como como poucas vezes fez no Germano Krüger, o alvinegro dominava a partida, dando poucas chances aos visitante,s que raras vezes ameaçaram Osmar na primeira etapa. Com tanto domínio, não faltaram chances para os donos da casa marcarem o segundo, principalmente com Clênio.

Ainda que superior em campo, o Operário foi para o intervalo vencendo pela contagem mínima, e no regresso tentou repetir o mesmo bom desempenho da primeira etapa. A aposta foi, sobretudo em contra-ataques, que aumentaram ainda mais com a entrada de Daniel Lemos, que entrou no lugar de Baiano.

Nos dez minutos finais, coube ao alvinegro tentar segurar o ímpeto do Paranavaí, que chegou muito perto do empate por pelo menos duas vezes, parando em boas intervenções de Osmar. Suportada a pressão, o alvinegro conduziu os minutos finais com segurança, para assegurar o triunfo pela contagem mínima.

Agora o Operário joga todas as suas fichas no duelo contra o Paraná, na última rodada, na Vila Capanema. Se não quiser depender de um tropeço do Paranavaí diante o Corinthians-PR, o alvinegro terá de vencer em Curitiba para assegurar sua vaga na Série D do Brasileiro.

Por Jeferson Augusto (DCMais – 18/04/2010).

Os comentários estão encerrados.