Derrota na estreia foi mais uma partida em que o Operário não marcou gols; torcedores fazem convocação para “casa cheia no domingo”

O Operário Ferroviário não sabe o que é um gol a exatos 86 dias. Desde o dia 25 de abril, quando Rodrigo De Lazzari marcou o gol de empate com o Paraná Clube na última rodada do Paranaense, o time ponta-grossense não balança as redes.

Descontados os jogos-treinos realizados durante a pré-temporada, foram três partidas feitas pela equipe de Vila Oficinas e em nenhuma delas com gols pró-alvinegro. A mais recente foi a estreia na Série D do Campeonato Brasileiro, no último sábado. Jogando fora de casa, no estádio Passo D?Areia, o time de Caçapa deixou Porto Alegre mais uma vez sem marcar gols. Diante do São José, a equipe visitante até que tentou, em vão, anotar seu primeiro gol no segundo semestre, colocou bola na trave, pressionou, mas quem acabou anotando foram os donos da casa, com Rafael Oliveira e vencendo por 1 a 0.

Foto: ZERO GOLS Operário ainda não marcou nenhum gol desde o fim do Campeonato Paranaense

Com a derrota em casa, o próximo compromisso do Operário no Campeonato Brasileiro passa a ter status de decisão. Um novo revés significa chances diminutas de uma classificação para a segunda fase da competição nacional.

Por conta disto, o retorno do torcedor em grande número à Vila Oficinas é esperado para o próximo domingo. Durante a oscilante campanha do estadual, o alvinegro raras vezes conseguiu atrair uma quantia considerável de pessoas à Vila Oficinas. Acostumado a receber boas médias durante a segunda divisão paranaense, o estádio do clube ponta-grossense viu a média de público reduzir gradativamente no primeiro semestre.

Por conta disso, os próprios torcedores alvinegros reforçam o pedido de casa cheia no domingo. A torcida organizada Trem Fantasma emitiu uma nota na qual convoca os torcedores a comparecerem no estádio alvinegro. “Sabemos também que é de grande importância a presença do torcedor no Estádio Germano Krüger para apoiarmos o Operário neste campeonato, onde sua presença foi tão exigida. Torcedor de verdade não é somente aquele que cobra e exige bons resultados de sua equipe. Mas aquele que se faz presente, apoiando irrestritamente em qualquer condição. Seja no frio, na chuva, nas vitórias e nas derrotas; enfim, aquele que nunca deixa de acreditar e sente orgulho em vestir as cores alvinegras”, diz a nota. E a Torcida Trem Fantasma convoca todos os torcedores do fantasma para prestigiar nosso time, seja você torcedor organizado ou comum. Pois a soma de todos os torcedores é que conseguiremos lotar o estádio, para juntos, transformar-mos mais uma vez o Germano Krüger em um caldeirão”, complementa o comunicado dos torcedores.

A última vez que o torcedor compareceu em grande número no Germano Krüger foi na partida contra o Coritiba, em fevereiro, quando mais de sete mil pessoas foram ao estádio.

Por Jeferson Augusto (DCMais – 20/07/2010).

Os comentários estão encerrados.