20100603-dorli-michels-dcmais

Novo parceiro é dado como certo por diretoria do Operário, que reluta em divulgar nome antes de assinatura do contrato

O Operário Ferroviário, na figura daquele que nos últimos dias se transformou em seu principal dirigente, disfarça, reluta, faz mistério, mas admite: terá um novo parceiro para a Série D do Campeonato Brasileiro. Dorli Michels, do grupo gestor, prefere manter sob segredo o nome do novo investidor que irá aportar em Vila Oficinas. Mais, prefere não dar como certa a vinda de uma nova parceria, e diz que só fala em novos administradores do futebol profissional depois que tudo estiver devidamente registrado. “Por enquanto vamos evitar divulgar, e só damos como certo depois que o contrato for assinado, estiver tudo certo. Às vezes pode acontecer de soltar o nome de alguém, e aí acaba não concretizando, surgem cobranças. Já aconteceu isso antes, com jogadores, e não queremos repetir o erro”, justifica o dirigente, por tanto mistério que cerca o nome do mais novo integrante do grupo gestor.

Juarez Malucelli, homem forte do Corinthians Paranaense, não será este parceiro, adianta Dorli. O dirigente da capital, sim, terá relações com Ponta Grossa no segundo semestre. Alguns jogadores que defenderam o “Timãozinho” no Paranaense deste ano devem vir para Vila Oficinas. E nada mais.

A nova parceria do Operário virá a Ponta Grossa – já que não se trata de ninguém que atue na cidade – para depositar dinheiro e investir no clube. Empresas agenciadoras de jogadores, como LA Sports e Traffic, chegaram a serem ventiladas como possíveis duetos do time ponta-grossense para o Brasileiro. A tão aguardada assinatura do contrato deve acontecer hoje, ainda podendo ser divulgada somente na sexta-feira.

Com relação ao cronograma traçado pelo clube alvinegro, seguem as datas fixadas ainda na semana passada. A apresentação dos primeiros jogadores irá ocorrer na segunda-feira, com os nomes de alguns contratados podendo ser divulgados com antecedência.

O Operário estreia na Série D nacional no dia 18 de julho, mas antes, deve fazer um amistoso, no dia 11, com o Estoril, de Portugal, e entre os dias 27 de junho e 4 de julho irá promover um torneio, com a presença do Libertad, do Paraguai e que chegou até às quartas de final da Taça Libertadores da América deste ano, Botafogo-SP, além do Iraty, e que servirá como preparação para a quarta divisão nacional.

Por Jeferson Augusto (DCMais – 03/06/2010).

Os comentários estão encerrados.