Diretoria irá colocar carga máxima de ingressos para jogo de domingo, e clube pode ter o terceiro melhor público da Série D nacional; ingressos deverão ser postos a venda amanhã

O Operário Ferroviário sonha em ver seu estádio cheio no domingo, quando fará a primeira partida em casa pela Série D do Campeonato Brasileiro, diante do Joinville. Mais do que o retorno do torcedor ao Germano Krüger, a equipe ponta-grossense conta com o apoio vindo das arquibancadas para tentar a primeira vitória na competição nacional.

A diretoria alvinegra irá disponibilizar a carga máxima de ingressos, de 8600 bilhetes, e caso consiga vender boa parte do público pode ter o terceiro maior público da Série D. A primeira rodada da quarta divisão nacional teve apenas dois jogos com público maior que oito mil pessoas: Santa Cruz contra CSA; e Central contra Fluminense de Feira de Santana. Curiosamente, ambos em Pernambuco. A “Coral”, uma das camisas mais tradicionais do nordeste, levou cerca de 18 mil pessoas ao Arruda, enquanto o Central teve 8478 torcedores o apoiando em seu estádio em Caruaru. O terceiro maior público da rodada de abertura da Série D foi do Treze, da Paraíba, com pouco mais de cinco mil expectadores.

Foto: CASA CHEIA Operário espera que público compareça em bom número no Germano Krüger no domingo

Na abertura da quarta divisão nacional, a baixa média de público foi constante, com apenas seis partidas tendo ultrapassado a casa dos mil expectadores. Com a partida no Germano Krüger, esta média deverá ser elevada um pouco, já que mesmo as bilheterias mais baixas do alvinegro este ano registraram público acima dos 1200 torcedores.

Se o Operário conseguir repetir o feito da primeira partida do Paranaense deste ano, quando atraiu mais de sete mil torcedores à Vila Oficinas, terá o terceiro melhor público da competição nacional.

Os ingressos para o confronto contra o Joinville deverão ser postos a venda a partir de amanhã. Inicialmente os pontos de venda serão o quiosque do clube, no Shopping Palladium, e as próprias bilheterias do Germano Krüger. Os valores deverão ser os mesmos adotados no Campeonato Paranaense: R$ 20 para arquibancada e R$ 50 arquibancada coberta, com meia entrada disponível.

Jogar em um estádio cheio não deve ser novidade para o adversário alvinegro. O Joinville ostentou uma média de mais de cinco mil pagantes em seu jogos pelo estadual, e em partidas decisivas, como a final com o Avaí, teve mais de onze mil pessoas apoiando na Arena Joinville. Entretanto, na vitória sobre o Oeste, por 2 a 0, na estreia, o time catarinense teve pouco mais de 1800 o apoiando.

Por Jeferson Augusto (DCMais – 22/07/2010).

Os comentários estão encerrados.