Técnico Caçapa deve mexer na equipe para duelo contra o Oeste, fora de casa; alvinegro realiza hoje último treino coletivo e deve ter dois atacantes no jogo de sábado

A equipe do Operário que irá enfrentar o Oeste no próximo sábado deve ter mudanças com relação à que venceu o Joinville no último fim de semana. Para a partida que acontecerá às 19h30 no Estádio dos Amaros, em Itápolis, o técnico Caçapa deve promover a entrada de pelo menos dois jogadores.

Ao que tudo indica, Caçapa não deverá contar com o Rilber. O meia foi substituído no intervalo do confronto contra o Joinville, sentido dores, e na tarde de ontem não treinou, indicando que não deve se recuperar a tempo para a terceira rodada da Série D do Campeonato Brasileiro.

Foto: MEXE Operário deve sofrer mudanças no meio de campo e Tardeli deve ser a novidade para 'jogo de seis pontos' no sábado

Sem o meia, o treinador do Operário deslocou Danielzinho para a posição até então ocupada por Rilber, e montou um esquema com mais um atacante. Se na partida contra o Joinville Caçapa optou pelo esquema 4-2-3-1, com apenas Edenílson na frente, como único atacante, para a partida contra o Oeste, o autor do gol da vitória alvinegra deve ter a companhia de Tardeli, e com isso o time ponta-grossense voltaria ao 4-3-1-2.

O meio de campo do Operário pode ter o retorno de Dario, que estava machucado e que pode compor um trio de volantes ao lado de Diego Zanuto e Cambará. Se confirmado o retorno de Dario, Zé Leandro deixaria o time titular.

Caçapa deve comandar na tarde de hoje o último treino coletivo, antes da equipe de Vila Oficinas embarcar para Itápolis, a cerca de 540 km de Ponta Grossa.

O confronto no interior paulista opõe duas equipes que brigam diretamente por uma das vaga na segunda fase da quarta divisão nacional. Os quatro integrantes do grupo A9 somam três pontos, e na semana seguinte ao confronto no interior paulista, Oeste e Operário voltam a se enfrentar, desta vez no Germano Krüger.

A equipe de Itápolis foi uma das surpresas do Campeonato Paulista deste ano, disputando o chamado “Torneio do Interior”, após terminar em nono na primeira fase da competição estadual. Na primeira partida que fez em casa no Brasileiro, o Oeste conquistou seus primeiros três pontos, ao bater o São José por 1 a 0. Se o público que compareceu ao primeiro jogo do Oeste na quarta divisão nacional for semelhante no próximo sábado, o Operário não deverá ter contra si um grande número de torcedores. No confronto contra o São José o Estádio dos Amaros recebeu pouco mais de 500 pessoas, em uma partida também realizada às 19h30 de um sábado.

Por Jeferson Augusto (DCMais – 29/07/2010).

Os comentários estão encerrados.