As poucas esperanças que se tinha sobre uma eventual reviravolta na Série D, foram dizimadas na tarde de ontem, com o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) absolvendo o Madureira e confirmando a equipe carioca com o quarto time a conseguir o acesso à Série C do ano que vem.

O Madureira foi denun­ciado por escalação irre­gu­lar – artigo 214 do Có­digo Brasileiro de Justiça Des­por­tiva (CBJD) – porque Wesley atuou nas partidas contra Tupi/MG, Botafogo/SP e Cene/MS, ainda na primeira fase da Série D, sem que estivesse inscrito no Boletim Informativo Diário (BID) e na Diretoria de Registro e Transferência (DRT). Em primeira instância, o jurídico do Madureira conseguiu a absolvição ao contestar que os documentos enviados pela CBF aconteceram fora do prazo.

O caso interessou ao Ope­rá­rio, que inclusive enviou seu advogado até o julgamen­to no Rio de Janeiro, na espe­rança de que uma conde­na­ção do time carioca pudesse vir a beneficiar o alvinegro.

A quarta divisão nacional ainda pode sofrer outra mudança com o América/AM, que ainda pode ser eliminado da competição e dar vaga ao Joinville. O time amazonense será julgado hoje, também pela denúncia de escalação irregular.

Por DCMais (29/10/2010).

Os comentários estão encerrados.