Embora diretorias neguem acerto, Lisa deve fechar hoje com o Atlético-PR, e partida de amanhã diante o Coritiba, sendo a última do jogador com a camisa do time ponta-grossense

A partida contra o Coritiba, que o Operário fará amanhã, no Couto Pereira, foi ofuscada pelo arquirrival do time do Alto da Glória. O assédio do Atlético-PR sobre o lateral Lisa se transformou no principal assunto em Vila Oficinas na tarde de ontem.

Mesmo com o técnico Caçapa definindo a equipe que vai a campo no duelo de amanhã, todas as atenções no coletivo realizado no Germano Krüger estavam sobre o lateral direito, que vem sendo negociado com o Atlético-PR.

As diretorias de ambos os lados negam o acerto, assim como o próprio jogador, embora o tom era de despedida. “No futebol a gente só pode contar depois que está assinado, e hoje eu sou atleta do Operário, tenho contrato com o clube e estou pensando no jogo de domingo contra o Coritiba. Mas a gente fica contente com o interesse, feliz quando é sondado. Devo tudo o que fiz e conquistei até hoje ao Operário”, declarou o ala.

Dorli Michels, gestor do time ponta-grossense, admite o interesse, mas refuta negócio fechado. “Existe muita especulação. Não tem nada de concreto, mas é interessante que comecem a acontecer algumas coisas, promove clube, o jogador, a cidade”, diz o dirigente. Hoje à tarde Operário e Atlético devem sentar e discutir o provável acerto.

Dorli explica que caso o clube venha a negociar algum jogador (o dirigente admite que além de Lisa, outros atletas também vem sendo sondados por outras equipes), uma parte deve ir para os cofres de Vila Oficinas. “Como hoje em dia não existe mais o ?passe?, há um contrato em que prevê que o clube receba uma quantia, que varia de jogador para jogador, independente do empresário, agente”, diz.

Aos 25 anos e formado no próprio Operário, Lisa faz talvez a sua melhor temporada. Um dos destaques da campanha do alvinegro, seu nome já havia sido vinculado a possíveis transferências com Coritiba e outros clubes. Na primeira partida do Operário na Arena, Lisa, inclusive, foi o autor do gol da vitória sobre o seu possível futuro clube.

O eventual desfecho da negociação já é dado como certo pelo técnico Caçapa, que irá escalar o lateral-amanhã, que vê a transferência como positiva. “Sei que ele está sendo negociado, mas acho isso bom, senti que empolgou os outros jogadores, que vêm que o trabalho que eles vem fazendo está sendo observado por outros times, mostra que eles estão sendo vistos”, acredita.

Por Jeferson Augusto (DCMais – 10/04/2010).

Os comentários estão encerrados.