Quatro estreias, além de Fabiano, que substitui Leonardo, serão as novidades na equipe do Operário no jogo de amanhã, contra o Metropolitano, pela partida de ida do mata-mata

O técnico do Operário comandou ontem o último treino coletivo antes da partida de amanhã, contra o Metropolitano, pela segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro. Foi no coletivo onde Caçapa confirmou um Operário diferente dos últimos que atuaram na competição nacional.

Cinco jogadores serão novidade amanhã, no Germano Krüger. A primeira delas é na defesa, com Fabiano compondo a defesa com De Lazzari, já que Leonardo, apesar de recuperado da lesão após três semanas, ainda não está 100% fisicamente. As outras mudanças são quatro estreias na Série D. Rogerinho, na lateral-esquerda, Grilo, no meio de campo, Baiano e Ícaro, no ataque, começam jogando.

Foto: ESTREIA Ícaro, que veio do Foz, foi confirmado por Caçapa e estreia amanhã com a camisa do Operário

ESTREIA Ícaro, que veio do Foz, foi confirmado por Caçapa e estreia amanhã com a camisa do Operário

Ícaro treinou ontem entre os titulares e foi confirmado por Caçapa entre os onze que começam jogando amanhã. O jogador desbancou Edenílson, até então centroavante titular. Ícaro, de 27 anos, vem do Foz do Iguaçu, onde disputou a Divisão de Acesso e marcou quatro gols. Antes, o centroavante teve passagens pelo XV de Campo Bom ( RS) e Mamoré.

Para o técnico do time ponta-grossense, tantas mudanças em jogo decisivo não preocupam. O treinador vê na semana que antecedeu o primeiro confronto com o Metropolitano um bom argumento para que a equipe tenha se entrosado. “Tivemos uma semana boa, deu para certar bem entre eles, não chegou a atrapalhar.

São reforços de qualidade, jogadores inteligentes, rápidos e ganhamos muito com a vinda deles”, analisou o técnico. Na tarde de quinta-feira a equipe realizou um jogo-treino contra o Atlético-PR no CTR do Caju, e foi derrotada por 4 a 3.

O Operário faz amanhã o primeiro jogo do mata-mata, e por ser em casa, o treinador do time alvinegro ressalta a importância dos gols fora de casa, fator de desempate nesta fase da competição. “Não interessa o placar, depois a gente pensa nisso. O importante é vencer e não tomar gol. Sabemos que vai ser um jogo difícil, o Metropolitano é uma equipe de qualidade mas aqui no Germano Krüger temos que fazer nossa parte”, prega Caçapa.

O confronto contra o Metropolitano acontece às 16 horas de amanhã, em Vila Oficinas, os ingresso para a partida custam R$ 20 para arquibancada, e R$ 50 para arquibancada coberta.

Por Jeferson Augusto (DCMais – 4/09/2010).

Os comentários estão encerrados.