Após ‘folga’ de uma semana, alvinegro mira primeiro jogo contra o Joinville, no domingo, em Santa Catarina pela Série D; Caçapa não deverá ter desfalques

Acostumado a ter semanas tensas por conta dos jogos decisivos, o elenco do Operário passou a ter dias mais calmos desde o dia 11 de setembro, quando derrotou o Metropolitano e garantiu sobrevida na Série D do Campeonato Brasileiro.

Além de classificar para a terceira fase da competição nacional, o alvinegro ainda forjou uma classificação automática para as quartas de final por conta da terceira melhor campanha do campeonato. De quebra, ainda teve uma semana extra para se preparar para o duelo com o Joinville, pela terceira fase.

Agora, com o fim da ‘folga’, o elenco alvinegro se prepara para o confronto em Santa Catarina, que acontece no domingo. Hoje e amanhã o técnico Pedro Caçapa deve comandar os treinos que irão definir o time titular do próximo domingo. Na sexta-feira ele deverá comandar o último coletivo antes da equipe seguir para Santa Catarina.

Foto: NÃO MUDA Já classificado para as quartas de final, Operário deve repetir  no domingo time que venceu Metropolitano

NÃO MUDA Já classificado para as quartas de final, Operário deve repetir no domingo time que venceu Metropolitano

A partida será o reencontro entre duas equipes que já se enfrentaram na primeira fase. Atuando em casa, o Operário conseguiu sua primeira vitória na quarta divisão vencendo o Joinville por 1 a 0. Em compensação, quando atuou na Arena Joinville, o time treinado por Caçapa conheceu sua pior derrota, 2 a 0 e uma das piores atuações da equipe no Brasileiro.

Ainda que já esteja garantido nas quartas de final da Série D, a partida diante o Joinville define o futuro do Operário na competição, já que os confrontos das quarta fase serão definidos pela classificação das equipes. Resultados ruins diante a equipe catarinense podem significar um adversário mais forte no confronto que vale vagas na Série C do Campeonato Brasileiro.

Para esta partida, Caçapa, a princípio, não tem nenhum desfalque. De Lazzari, que atuou no jogo de volta contra o Metropolitano sentido uma fratura na costela, deve estar recuperado, e com isso a tendência é que o treinador repita a formação utilizada em Blumenau, com três zagueiros (Leonardo, De Lazzari e Fabiano).

A arbitragem do jogo contra o Joinville já foi definida, com um trio gaúcho, e contando com a presença de um dos auxiliares brasileiros presente na última Copa do Mundo. Altemir Hausmann foi escalado para o confronto de domingo, juntamente com Marcelo Bertanha Barison e o árbitro Marcio Chagas da Silva.

O alvinegro só volta a atuar no Germano Krüger no dia 2 de outubro, um sábado, quando faz o confronto de volta com o Joinville.

Por Jeferson Augusto (DCMais – 22/09/2010).

Os comentários estão encerrados.